BUDA BALINÊS 20CM
Cód:
IDBL0025730000

Nossos produtos são artesanais. Sendo assim, pequenas alterações nas cores, desenhos, tamanhos, pesos e formatos das peças podem ocorrer

De: R$ 135,00Por: R$ 121,50ou X de

Economia de R$ 13,50

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 121,50
  • 2X de R$ 60,75 sem juros
  • 3X de R$ 40,50 sem juros
  • 4X de R$ 30,37 sem juros
  • 5X de R$ 24,30 sem juros
  • 6X de R$ 20,25 sem juros
Outras formas de pagamento

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Aproveite e compre junto

IDBL0025730000

BUDA BALINÊS 20CM

+ IDBL0025730100

BUDA BALINÊS 20CM 01

= Por apenas 10x de R$ 24,30
Valor total: R$ 243,00 Comprando junto você economiza: R$ 27,00

Comprar junto

Veja mais ÁSIA


Descrição do Produto

Descrições

ApresentaçãoOrigem: INDONÉSIA
Região: BALI
Material Principal: MADEIRA
Tamanho (LxPxA cm): 14x7x20
Peso (kg): 0,220
BenefíciosMudra Dhyana (Gestos com as mãos)
A mão direita é colocada acima da esquerda, com as palmas voltadas para cima e os dedos estendidos. Em alguns casos, os polegares das duas mãos tocam-se nas pontas, formando um triângulo místico. As seitas esotéricas atribuem esse triângulo a uma infinidade de significados, sendo o mais importante a identificação com o fogo místico que consome todas as impurezas. Este triângulo também representa as três jóias do budismo: o Buda, o Dharma e a Sangha.
O primeiro Buda (Sidarta Gautama ou Shakyamuni) viveu por volta dos séculos 5 e 6 AC no Norte da Índia. Ele abandonou sua vida de riqueza para levar uma vida religiosa, em busca da “iluminação”. Viveu mendigando e meditando até que um dia atingiu um estado em que o medo do sofrimento ou da morte não o afetava mais. Passou a peregrinar e a ensinar aos seus seguidores, as Quatro Nobres Verdades, que descrevem o sofrimento da espécie humana, suas causas e a solução (o Caminho Óctuplo).
CaracterísticaO primeiro Buda (Sidarta Gautama ou Shakyamuni) viveu por volta dos séculos 5 e 6 AC no Norte da Índia. Ele abandonou sua vida de riqueza para levar uma vida religiosa, em busca da “iluminação”. Viveu mendigando e meditando até que um dia atingiu um estado em que o medo do sofrimento ou da morte não o afetava mais. Passou a peregrinar e a ensinar aos seus seguidores, as Quatro Nobres Verdades, que descrevem o sofrimento da espécie humana, suas causas e a solução (o Caminho Óctuplo).
  • Criado por evision plataforma vtex